Montes Claros recebeu a Caravana da Educação e aderiu ao PDE

Montes Claros foi o primeiro município do estado visitado pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, na passagem da Caravana da Educação por Minas Gerais, devido a carência dos poucos investimentos em educação, na região norte mineira.Haddad afirmou que Montes Claros receberá seis creches com recursos federais e, ainda neste semestre, vão começar as obras de construção da escola técnica. Montes Claros é um dos 12 municípios mineiros contemplados com uma escola técnica na segunda fase do plano de expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica. O processo de implantação, que abrange definição e doação do terreno e aprovação do projeto arquitetônico, já está em andamento. O investimento do governo federal será de R$ 5 milhões para a construção da unidade e aquisição de equipamentos e de mobiliário. O Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) de Minas Gerais é o responsável pelas obras, que devem começar ainda neste semestre. A licitação será aberta em março. Pirapora e Curvelo, cidades-pólo próximas a Montes Claros, também receberão escolas técnicas federais. Dos R$ 60 milhões que o governo Lula, através do Ministério da Educação irá investir no Estado, R$ 35 milhões será abocanhado pelo Norte de Minas.
ADESÃO
Montes Claros já aderiu ao Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), do Governo Federal. O termo de adesão foi assinado pelo prefeito Athos Avelino e pelo ministro Fernando Haddad, na manhã desta sexta-feira, 15, em solenidade realizada no auditório da Sociedade Rural, na presença de centenas de educadores, prefeitos e de deputados federais e estaduais. O objetivo é ampliar as ações do município, em parceria com a União, proporcionando melhor qualidade no aprendizado de crianças, jovens e adultos.
Enquanto isso, o governo de Minas ignora os avanços na educação do governo Lula e prefere continuar na contra-mão da história, com sua política educacional nefasta e arcaica, juntamente com seu colega tucano José Serra, de São Paulo.
Já o Rio Grande do Sul – estado também governado pelo PSDB – aderiu ao Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), e vem recebendo muito mais recursos do que os estados café com leite, após sua adesão.
Advertisements
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s