Fruta exótica gera renda para produtores da Jaíba

A atemóia, uma fruta exótica de finíssimo sabor, produzida com sucesso no Norte de Minas, poderá reforçar a balança comercial do Estado. Importadores europeus, sobretudo da Holanda e de Portugal, estão interessados em adquirir o produto, que se destaca atualmente entre os cultivos nas áreas irrigadas do Projeto Jaíba. Segundo o gerente-adjunto do projeto, Alexandre Hideki Kawakami, a atemóia é bom negócio para os grandes produtores, porque o rendimento dos plantios é alto, a fruta tem boa cotação e grande procura em todo o país. Levantamento feitos mostra que, na área do Projeto Jaíba destinada à agricultura familiar, atualmente são cultivados 37 hectares de atemóia. A planta é resultado do cruzamento da pinha ou fruta-do-conde com a cherimólia, originária de países andinos como o Peru. De formato semelhante ao da pinha, a atemóia é um pouco maior.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s