Justiça cega – 6 anos de impunidade. Os mandantes das execuções de Rosalvo e Daniela, Dalmar Ferraz e seu filho Dalmar Júnior, continuam livres

Desde o dia 4 de maio de 2002, quando pistoleiros de aluguel do Estado da Bahia vieram a Montes Claros e executaram o jornalista Rosalvo Bastos e sua noiva, Daniela Oliveira, com tiros e facadas, em frente à sua residência, localizada na Rua Dom Pedro II, Centro da cidade, a família, amigos e a classe de jornalistas clamavam por justiça.
Mas diante das brechas da lei, que permite aos criminosos impetrar recursos e mais recursos para retardamento do julgamento, os mandantes das execuções, Dalmar Ferraz de Melo e seu filho Dalmar Júnior, ficaram em liberdade.
Leia + AQUI
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s