Atrasos na execução do programa “Luz para Todos” em Minas é culpa da CEMIG

A Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização da Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) quer esclarecimentos sobre o andamento da execução do programa “Luz para Todos” na área atendida pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).
O imbróglio para a assinatura do terceiro contrato para a retomada das obras continua. “Queremos saber quais questões impedem a assinatura do contrato na área atendida pela estatal mineira”, afirmou o deputado estadual Almir Paraca (PT), ressaltando que “há uma forte pressão por parte dos moradores das áreas rurais para a continuação das obras”.Segundo o parlamentar petista, as regiões mais pobres do Estado, contempladas no programa “Territórios da Cidadania” (Noroeste, Norte, Jequitinhonha e Mucuri), foram as menos atendidas pelo “Luz para Todos”.Paraca informou que o programa está parado desde julho de 2007 e, se a situação se mantiver, não será possível atender a todo o Estado dentro do prazo, até dezembro de 2008.“Não podemos acreditar que o problema seja político, mas certamente é burocrático”, declarou.
O “Luz para Todos” deve fazer 176 mil ligações de energia no Estado, mas o número de novos clientes potenciais pode chegar a 300 mil.
Advertisements
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s