Parte com o capeta. Continua desaparecido o padre balão

O padre Adelir de Carli, que tentou voar suspenso por balões de gás coloridos, continua desaparecido no litoral de Santa Catarina. O religioso sempre foi ligado a esportes radicais, mas, segundo especialistas, não planejou, com cautela, a aventura.
Equipes que estão trabalhando no resgate do padre Adelir de Carli, que caiu no litoral catarinense depois de decolar de Paranaguá impulsionado por balões de festa, encontraram ontem dois aglomerados de balões. O primeiro foi achado na região de Porto Belo, a cerca de 25 quilômetros da costa, e o segundo a cerca de 50 quilômetros da costa de Florianópolis. Ainda não há notícias do padre.
Fiéis fazem vigílias e rezam na paróquia São Cristóvão, onde o padre atua, em Paranaguá. O padre partiu por volta das 13h de domingo, ignorando o mau tempo, com o intuito de bater o recorde mundial de vôo em balões de festa e para dar visibilidade para a causa da Pastoral Rodoviária.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s