Justiça mais uma vez é colocada em dúvida nestas eleições. A bola da vez é a urna eletrônica

Grupo promete fraudar urna eletrônica por R$ 2 mi
Uma suposta quadrilha ofereceria a candidatos a possibilidade de vencerem as eleições deste ano através de fraude das urnas eletrônicas, segundo o Fantástico.
De acordo com a TV, os suspeitos cobrariam R$ 2 milhões pelo golpe, valor que poderia ser parcelado.
Um dos suspeitos, identificado como Márcio, atuaria em São Paulo. Ele afirmou, na reportagem, que possui a senha do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Carlos Ayres Brito .
O suposto golpista afirmou que “hackeou” a senha de Brito. O ministro disse à TV que sua senha “nem existe ainda” e que “ele (Márcio) não tem minha senha e nem vai ter”.
Além do dinheiro, a suposta quadrilha pediria também um relatório das zonas eleitorais da cidade e o número de urnas.
Outro suspeito, que atua no Rio Grande do Sul, disse que a suposta quadrilha tem integrantes dentro do TSE e que o esquema é “110% garantido”. Quando abordado pela reportagem, negou tudo.
Agora, mais do que nunca, é preciso ter cuidado com “coisa ruim”.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s