Assim não dá! Tadeu usa laranjas do PC do B no jornal de Ruy

O Norte continua prestando um desserviço para a população. Qualquer informação contra a prefeitura de Montes Claros ele estampa na manchete sem ter o cuidado de fazer as devidas investigações ou pelo menos ouvir o outro lado.
A VERDADE
No último domingo, a turma do pombo-correio do PC do B ateou fogo em sofás, pneus e madeiras, interditando as ruas 7 de Setembro e Concórdia e causando pânico geral, numa manifestação contra a Prefeitura, com o objetivo de prejudicar a candidatura do prefeito ATHOS. A PM foi acionada para desobstruir as ruas e proteger a população, mas foi recebida a pedradas pelos líderes do movimento. Segundo a ocorrência policial, o Corpo de Bombeiros foi chamado para apagar as chamas, “que estavam bastante altas”, mas as pessoas que provocaram a confusão tentaram impedir o trabalho dos bombeiros, sendo necessária a intervenção dos militares para que o fogo fosse apagado. Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, a via foi liberada depois que os policiais conversaram com os líderes do motim, informando sobre a ilegalidade da manifestação. Entretanto, ao deixarem o local, alguns manifestantes não identificados começaram a apedrejar a viatura, que teve o capô amassado. Com isso, foi iniciada nova confusão, culminando com a prisão do líder da baderna, Ezequiel Dias da Silva, que reagiu, sendo necessário algemá-lo e conduzí-lo à delegacia. O vigilante Laércio Ferreira Campos e o assessor parlamentar José Geraldo Rodrigues, mais conhecido como Dedé, também constam na ocorrência policial como envolvidos no ato criminoso. Dedé é presidente do diretório local do PC do B e assessor de gabinete do vereador Lipa Xavier (PC do B), candidato à reeleição. Xavier apóia o candidato do PMDB. Nenhum deles portava documentação, estratégia comum nas ações das milícias, para dificultar a identificação dos seus integrantes. O Boletim de Ocorrência número 45.305 é assinado pelo 2º Sargento Paulo Giovani Alves Coutinho, que comandou a primeira viatura a chegar ao local, tendo ainda o apoio do cabo Éder Júnior Conceição dos Santos. O desespero dos adversários é um sintoma claro do crescimento da candidatura de ATHOS 23. É a perspectiva de nova derrota nas urnas que faz o candidato do PMDB resgatar seus velhos e ilícitos métodos de fazer campanha, apelando para a violência e o vandalismo. A população do Alterosa reagiu e não aceitou ser manipulada. Se recusou a fazer o jogo sujo do candidato do PMDB e denunciou o fato às autoridades. Foi justamente para enterrar esse passado de agressões e desrespeito à cidadania que a população elegeu ATHOS. E é para garantir que a cidade não caminhará para trás que esse mesmo povo ordeiro de Montes Claros já optou por manter ATHOS como seu prefeito.
A assessoria do candidato Ruy Muniz não percebeu que a equipe do jornal O Norte vem jogando bolas nas costas de Muniz. A maioria esmagadora daquele jornal joga no time de Tadeu.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s