Quando o vermelho é de vergonha

Houve confronto entre membros da chamada “União da Juventude Socialista”, braço do PC do B, e militantes da Juventude Petista. Foi por ocasião da votação do projeto do passe estudantil, terça-feira,16, na Câmara Municipal. Até aí tudo normal.
O inacreditável, contraditório e triste, é a UJS invocar heróis do Araguaia e da revolução cubana e cantar a “Internacional Socialista” com seus integrantes vestidos com camisetas de campanha de Tadeu.
Vi e ouvi, custando a acreditar, os caras pulando e gritando “Juventude 15“.
Che Guevara deve ter se remexido no túmulo, agora que seus restos mortais estão dignamente sepultados.
Um detalhe que se traduz no único fato coerente desse espetáculo do absurdo: diferentemente dos petistas, os “comunistas”, em sua maioria, não usavam camisetas vermelhas.
A explicação: o vermelho, nesse caso, poderia parecer ser de vergonha.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s