Prefeito tucano esconde títulos eleitorais em sua fazenda

A Polícia Militar de Mato Verde prendeu na manhã desta sexta-feira, 3, na fazenda do Prefeito José Gilvandro Leão Novato, do PSDB, 25 pessoas de posse de mais de 700 títulos eleitorais, para fraudar as eleições naquela cidade norte mineira.
No último dia 24 de setembro, com o objetivo de combater o abuso do poder econômico e a compra de votos, nas eleições de outubro próximo, para que se tenha um processo eleitoral equilibrado, com oportunidades mais ou menos igual para todos, a Polícia Federal de Montes Claros desencadeou a Operação “Livre Sufrágio”, no Norte de Minas, onde prendeu quatro pessoas, entre elas, dois cunhados de José Gilvandro Leão Dourado, o Baiano, do PSDB, acusadas de corromper eleitores através da troca de materiais de construção por votos. NA ocasião, os agentes cumpriram, ainda, mandado de busca e apreensão na Prefeitura de Mato Verde.
Advertisements
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s