MP devassa contas do candidato ficha suja

O promotor Felipe Gustavo Gonçalves Caíres requereu extratos de toda movimentação bancária do ex-prefeito Luiz Tadeu Leite durante seus mandatos à frente da Prefeitura de Montes Claros. Com a quebra de sigilo, o Ministério Público quer acesso aos extratos completos da contas corrente 09999-8, agência 0238 (Bemge/ltaú-Montes Claros) e poupança 13898-5, agência 0238 (Itaú-Montes Claros), referentes ao período compreendido entre dezembro/1982 e dezembro/1986.
O MP requer, ainda, os extratos bancários completos da conta n.° 028754-0, da Prefeitura Municipal de Montes Claros – agência 0239/Caixa Econômica do Estado de Minas Gerais-Montes Claros (sucedida pelo Banco Bemge/ltaú), referentes ao período compreendido entre dezembro/1982 e dezembro/1986.
Na solicitação, Felipe Caires requisita, também, as microfilmagens de todos os cheques compensados na conta corrente 051018-0, agência 208/Banco Bemge/ltaú, da Prefeitura Municipal de Montes Claros, referentes ao período compreendido entre 14 de março de 1985 e 30 de novembro de 1985. E mais: Requer, da Secretaria Estadual de Educação informações (datas dos repasses e contas creditadas) sobre o Termo Aditivo 505/85 (Cr$ 40.000.000,00, em moeda da época) do Convênio 681/78, assinado em 16 de outubro de 1985, e sobre o Termo Aditivo 435/86 (Cz$ 300.000,00) do Convênio 1467/82, assinado em 8 de outubro de 1986.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s