VERGONHA NACIONAL: Assassino continua com foro privilegiado

A cidade de Unaí, reelegeu como prefeito um assassino. Trata-se de Antero Mânica, do PSDB, latifundiário, e principal acusado da morte de quatro trabalhadores do ministério do trabalho, que fiscalizavam em suas terras denúncias de trabalho escravo. Mais do que acusado, Antero estava preso em BH, aguardando julgamento, quando candidatou e elegeu-se prefeito com mais de 70% dos votos. E agora, foi reeleito com 59,01% dos votos válidos para o cargo. Um bandido portanto continua prefeito de Unaí, cidade que deveria a passar a ser a “capital da vergonha nacional”. Uma população conivente com este criminoso, dá amostra de sua ignorância ou medo, talvez porque o canalha deve ter comprado votos, ameaçado moradores, mas nada disso justifica que a grande maioria de um eleitorado o reelegesse.
A chacina, que ocorreu em janeiro de 2004, foi tramada, segundo o Ministério Público, por Mânica e seu irmão, Norberto Mânica. Na ocasião, três auditores fiscais e um motorista da Delegacia Regional do Trabalho foram assassinados.
+
Os pistoleiros dispararam nove tiros: dois em Nelson, três em João Batista Lages, dois em Erastótenes de Almeida Gonçalves e dois no motorista Ailton Pereira de Oliveira. Todos levaram tiros na cabeça.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s