Justiça racista

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) não reconheceu o feriado em Montes Claros e em outras cidades de Minas, no Dia Municipal de Consciência Negra, que foi comemorado ontem, dia 20 de novembro.
O feriado em Montes Claros foi respaldado pela Lei municipal Nº 3.897 de 27 de Dezembro de 2007, aprovado pela Câmara Municipal de Montes Claros e sancionada pelo prefeito Athos Avelino.
Se a justiça é a primeira a não respeitar as leis, como esperar dos condenados outra atitude.
Advertisements
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s