Cassação de Tadeu Leite é questão de tempo

O Tribunal Regional Eleitoral julgará nos próximos dias o prefeito diverticuloso, segundo garantiu na tarde da última segunda-feira, 2, um desembargador daquela Corte mineira. Para o TRE, esta fama de parcialidade e omissão na cidade de Montes Claros precisa mudar. Este desembargador defende que deva acabar de vez as interferências de políticos.
Só para lembrar, a Justiça mineira até hoje não julgou o caso do prédio fantasma do CESU, que o atual prefeito de Montes Claros “construiu”, mas não existe.
Por incrível que pareça, os vereadores, ao julgarem as contas do prefeito na época, as aprovaram sem restrições, considerando que o prédio tivesse realmente sido construído, embora nenhum fosse colocado na obra.
Os promotores eleitorais de Montes Claros não cansam de cobrar agilidade do Tribunal nos processos envolvendo o atual prefeito, como no que diz respeito à ação do Ministério Público que pede o impedimento dele por abuso do poder econômico e corrupção eleitoral.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s