"Aécio a culpa é sua, educação na rua"

Com Lula a tiracolo, governador enfrenta protesto dos professores
O Sindicato Único dos Professores do Estado (Sind-Ute), Regional Norte, acusa a Prefeitura de Montes Claros de jogar tinta branca no outdoor que está em frente à fábrica de biodiesel, no Distrito Industrial.
A tinta, segundo os denunciantes, é a mesma que foi usada para pintar o meio-fio que dá acesso à usina.
Apesar do aparato de segurança envolvido por ocasião da presença do presidente Lula, servidores da educação – liderados pelo Sind-Ute, conseguiram, durante o discurso do governador Aécio Neves, dar o recado com o seguinte coro: “pague o piso da educação”.
O protesto ocorreu durante o cerimonial para inauguração da Usina de Biodíesel.
Os servidores se dirigiram em seguida para o Portal de Eventos, onde à tarde foi realizada a reunião do Conselho Deliberativo da Sudene, para onde também foram Lula, Aécio, governadores nordestinos e ministros.
No local, os manifestantes aproveitaram para ampliar o protesto, aproveitando o grande número de autoridades presentes.
“Aécio a culpa é sua, educação na rua”, gritavam, prometendo nova manifestação para odia 24 de Abril, em defesa do piso nacional, que agora é de R$1.132,00.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s