CANDIDATOS “FICHA SUJA” ESTARÃO NA MIRA DA AMB

Os eleitores sabem que eles são. Também sabem que infelizmente – para manchar a justiça brasileira e o poder público – eles também são eleitos. Em Montes Claros por exemplo, na última eleição, dois concorrentes a prefeito estavam na lista dos candidatos fichas sujas da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).
Um deles acabou sendo eleito, e justamente aquele que, não demonstra nenhum respeito pelo Ministério Público (MP), como o fato que tem sido registrado por toda a imprensa através do aumento do valor dos lotações.
Mais uma vez, para tentar moralizar a política brasileira, a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) vai reeditar para as eleições de 2010 a lista dos candidatos fichas sujas.
A nova ofensiva da entidade, que reúne cerca de 14 mil juízes em todo o país, vai abranger os políticos que se candidatarem inclusive à Presidência da República.
MORALIZAÇÃO
Abrir os olhos do eleitor, fazer com a população tenha maior poder crítico diante de discursos demagogos, e principalmente, fazer valer a lei aplicada pelo judiciário que é burlada na maioria das vezes a AMB fará este mapeamento dos candidatos que pretendem se eleger a cargos de deputado federal, deputado estadual e senador.
Mozart Valares, presidente da AMB, avalia que a experiência desencadeada nas eleições de 2008 “foi um sucesso, extremamente bem sucedida”.
Ele destacou que a meta era estender a pesquisa a todos os municípios brasileiros, o que não foi possível “por falta de estrutura”.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s