Novo código de ética do PT considera “infração ética grave” vazamentos à mídia

De acordo com o novo código de ética do PT, divulgado no último dia 22/07, o vazamento, sem identificação da fonte, de fatos relativos a investigações contra seus partidários é considerado “infração ética grave”.
“Será considerada infração ética de natureza grave (…) o vazamento de qualquer informação de natureza patrimonial e pessoal obtida pelos órgãos partidários nos termos deste artigo, ressalvada a hipótese desta ser tida como elemento indispensável para a formação da convicção decisória tomada em processo disciplinar frente ao qual não caiba mais qualquer recurso a outra instância partidária competente para reexaminar a matéria”, diz o documento.
Inspirado no episódio do “mensalão”, o novo código estava nos planos do PT há dois anos, época em que, se estivesse em vigor, impediria a divulgação de investigações contra o ex-tesoureiro Delúbio Soares, informa matéria publicada na Folha de S. Paulo de quinta-feira (23/07).
Entre outros pontos, o texto com 73 artigos, obriga o partido a divulgar periodicamente na internet a lista de empresas que fazem doações ao PT, mas não especifica o intervalo.
O código também proíbe arrecadação para outros partidos, como acontecia no mensalão, além de vetar a arrecadação dos filiados beneficiados sem a devida contabilização.
Fonte: Portal Comunique-se
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s