Homem é beneficiado por Lei Maria da Penha no RS

Um homem foi beneficiado pela Justiça do Rio Grande do Sul com medidas de proteção estabelecidas pela Lei Maria da Penha, que originariamente foi criada para proteger mulheres vítimas de violência doméstica.
O juiz Alan Peixoto, da Comarca da cidade de Crissiumal, concedeu no dia 17 medida de proteção de não aproximação em favor de um homem.
De acordo com o Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RS), o magistrado determinou que a ex-companheira permaneça a uma distância mínima de 50 metros, ressalvada a possibilidade de acesso à sua residência, localizada junto ao estabelecimento comercial onde o homem trabalha.
A decisão foi motivada porque, na avaliação do juiz, a mulher “se utilizava da medida de proteção deferida em seu favor para perturbar o suposto agressor”. No dia 16, uma decisão semelhante havia sido concedida determinando que seu ex-companheiro não se aproximasse e nem estabelecesse contato de qualquer forma.
O pedido liminar de habeas-corpus apresentado pelo Ministério Público (MP) em favor da mulher, para reverter a concessão da medida ao ex-companheiro, foi indeferido na quarta-feira pelo desembargador Newton Brasil de Leão, da 3ª Câmara Criminal. O habeas-corpus segue tramitando no TJ-RS.

Quem é Fernando Collor para mandar Pedro Simon digerir o que ele disse?

Escurraçado do governo quando era presidente não sendo cassado porque renunciou antes ao cargo, pilhado em ações nebulosas de caixa dois dentro do governo e (i) responsável pelo confisco da poupança que levou alguns brasileiros ao suicídio, Fernando Collor de Melo não tem moral para mandar o ínclito senador gaúcho engolir o que disse. Página Brasil

Supremo adia decisão sobre monopólio

O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou a decisão final sobre o monopólio dos Correios nos serviços postais, discutido por meio de uma ação da Associação Brasileira de Empresas de Distribuição que questiona a constitucionalidade da lei que regulamenta esse tipo de serviço no país. Página Brasil

BONDADE

Irmã do prefeito de Januária ganha o triplo de seus colegas como agente comunitária de saúde Luciene Neris de Andrade Arruda é a mais feliz de todas as agentes comunitárias de saúde do município de Januária. Enquanto suas colegas ganham salário mínimo (R$ 465,00), Luciene recebe quase o triplo (R$ 1.293,99). Mais competente que suas colegas? Não! Luciene é irmã do prefeito Maurílio Neris de Andrade Arruda (PTC).
Leia mais na Página Norte de Minas

Irã autoriza 2º mandato de Ahmdinejad

Khamenei endossou formalmente Mahmoud Ahmadinejad como vencedor da eleição presidencial realizada no dia 12 de junho.

Leia mais na Página Mundo

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s