Collor diz que está "obrando" na cabeça de jornalista

O senador Fernando Collor (PTB-AL) disse nessa segunda-feira (10) que está “obrando” na cabeça do jornalista Roberto Pompeu de Toledo, da revista “Veja”, a quem acusa de ter ido ao gabinete do então ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), em 1992, e ter oferecido a capa da publicação caso o magistrado condenasse o então presidente da República durante o processo de seu impeachment.
“Eu tenho obrado em sua cabeça nesses últimos dias, venho obrando, obrando, obrando em sua cabeça. Para que alguma graxa possa melhorar seus neurônios. Para ele cair em si e trazer a verdade. Ele é mentiroso e salafrário, alguém que não merece título de jornalista”, disse.
Em termos um pouco mais populares, e segundo o dicionário Aurélio, obrar, além de “construir” e “fabricar”, também significa “defecar”. Se usado neste sentido, Collor trouxe ao plenário do Senado uma velha expressão popular de baixo calão.

Enquanto Collor promete cagar na cabeça do jornalista Roberto Pompeu de Toledo, o prefeito de Montes Claros vem tratando de limpar as suas cagadas com o dinheiro público. Por isso que o consumo de papel higiênico na cidade aumentou assustadoramente. Leia mais AQUI na Página Cidade

Correa inicia segundo mandato para radicalizar revolução O presidente equatoriano, Rafael Correa, inaugura hoje um novo mandato de quatro anos com a promessa de ”radicalizar a revolução bolivariana”.

2 milhões de famílias já saíram do Bolsa-famíliaDe acordo com dados fornecidos ao Jornal do Brasil pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), desde o início do programa de transferência direta de renda com condicionalidades, em 2003, até julho deste ano, 1,96 milhão de famílias saíram do Bolsa Família por alcançarem um nível de renda per capita superior à estabelecida para o recebimento dos benefícios, de até R$ 140,00 por pessoa – ou porque já tinham renda acima desse patamar, por fraude ou equívoco. Blog Os Amigos do Governador Patrus

Velho Chico está chegando no Ceará Este texto é do Dep. Estadual WELINGTON LANDIM (PSB/CE), publicado no Diário do Nordeste:

(…) está prestes a ser tornar realidade o projeto de transposição de águas do Rio São Francisco.

Um sonho de 182 anos, que começou com o intendente do Crato, Porbem de Souza, está prestes a ser tornar realidade: o projeto de transposição de águas do Rio São Francisco.

O que poucos desacreditavam, fui constatar, “in locum”, no Cariri, o início das obras nos sertões do município cearense de Mauriti, onde as máquinas já estão sendo movimentadas por 240 operários contratados na própria região. Esta é uma grande notícia para 12 milhões de nordestinos. O agora chamado Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF) tem uma extensão de 720 Km, entre canais, túneis, aquedutos, galerias, bueiros, usinas hidroelétricas – UHE, estações de bombeamento, área de irrigação, tomada d´água e pontes. Página Brasil

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s